14 de setembro de 2010

A Cidade do Sol

Mariam tem 33 anos. Sua mãe morreu quando ela tinha 15 anos e Jalil, o homem que deveria ser seu pai, a deu em casamento a Rashid, um sapateiro de 45 anos. Ela sempre soube que seu destino era servir seu marido e dar-lhe muitos filhos. Mas as pessoas não controlam seus destinos. Laila tem 14 anos. E filha de um professor que sempre lhe diz: "Você pode ser tudo o que quiser." Ela vai a escola todos os dias, e considerada uma das melhores alunas do colégio e sempre soube que seu destino era muito maior do que casar e ter filhos. Mas as pessoas não controlam seus destinos. Confrontadas pela História, o que parecia impossível acontece: Mariam e Laila se encontram, absolutamente sós. E a partir desse momento, embora a História continue a decidir os destinos, uma outra história começa a ser contada, aquela que ensina que todos nós fazemos parte do "todo humano", somos iguais na diferença, com nossos pensamentos, sentimentos e mistérios.

Esse livro é do mesmo autor de O Caçador de Pipas e também se passa no Afeganistão. Depois que eu li o Caçador, fiquei viciada no estilo do autor e resolvi ler esse, na hora pensei que seria chato e cansativo, mais não é. O livro fala de luta, preconceito e te deixa de boca aberta com algumas coisas, eu por exemplo fiquei horrorizada com o lance do casamento das duas, que se casaram novinhas com um velho chato (dá vontade entrar no livro e bater nele rs.) e como as mulheres são tratadas no Afeganistão.

O final é surpreendente, realmente não imaginava o que acontece que aconteceria. Como sou uma manteiga derretida chorei né... Mas o mais lindo do livro é como ele mostra que as duas mulheres que são tão diferentes, acabam sendo tão iguais e como elas lutam juntas.

É um dos meus livros favoritos, daqueles que a gente fica pensando depois. É profundo, dolorido, mais também tem romance, que é a parte fofa e faz você ficar torcendo pelo casal. Enfim (eu sempre falo enfim né? kkkkk) se forem ler preparem o coração para emoções fortes, e como eu sempre digo também, livro recomendadíssimo!

  • Fazendo esse post me bateu uma vontade ler de novo *-*

6 comentários :

  1. Tenho esse livro na minha pilha, falta apenas ler!
    Imagino que deve ser tão emocionante quanto o Caçador, uma hora leio e volto aqui pra te contar!
    beijinhos!

    ResponderExcluir
  2. Eu lí este e chorei muuuito com a história, quem ainda não conhece, vale a pena conhecer...

    Leituras Pontocom

    ResponderExcluir
  3. vale mto mto a pena ler!! foi uma excelente leitura e o tempo todo eu queria bater em algum dos varios homens da historia, como pode existir um pais assim neh??

    e como vc disse, deu uma vontade de ler de novo...

    ResponderExcluir
  4. Olá florzinha, comprei o livro mais ainda não li!! a sua resenha me deu vontade de ler ele agora!! sou uma manteiga derretida asuhsauhs

    sim o blog aceita sim fazer parceria com o seu! =) em breve estarei colocando o banner do seu blog lá no meu qualquer coisa te mando um e-mail com o meu banner ou vc pode ir lá no blog e pegar no lado direito! beijocas ;**

    Lígia.

    Lígia et son monde.

    ResponderExcluir
  5. esse livro e muito bommm
    http://livroazuis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir