18 de julho de 2011

Salve Geral

Salve Geral - Brasil - 2009
Gênero: Drama
Duração: 119 minutos
Direção: Sergio Rezende
Elenco: Andréa Beltrão, Denise Weinberg, Lee Thalor, Eucir de Souza, Guilherme Sant'anna, Taiguara Nazareth, Bruno Perillo, Kiko Mascarenhas.

Sinopse: Lúcia é a professora de piano que vê o filho adolescente ser preso após este se envolver num acidente de carro. Atrás das grades, o jovem toma partido de um grupo de presidiários chamado Comando. A mãe, que em suas visitas ao presídio acompanha o cotidiano do filho, logo passa a fazer parte daquele mundo. E com a interferência da advogada do Comando, Lúcia aos poucos se transforma em peça-chave de um jogo perigoso. História inspirada nos ataques orquestrados pela facção criminosa PCC no fim de semana do Dia das Mães, em 2006.



O que esperar de um filme nacional que fala sobre cadeia? só tiroteio, palavrão, mortes e todas essas coisas que a gente já tá cansado de ver né? Mas o diferencial desse é que mostra um lado bem bonito, o lado das mães! A gente pensa em tudo, mas acho que nunca paramos pra pensar no sacríficio que as mães de presidiarios fazem, pra tentar tirar eles de lá, pra ir visitar (que não é uma tarefa facil) ou até mesmo só de conviver com o fato de ter seu filho lá.
Andréa Beltrão, sinceramente, arrasou na atuação e mostrou com sua personagem que mãe faz de tudo, tudo mesmo pra ajudar um filho. No filme, ela se envolve com pessoas ''da pesada'', passa a fazer favores pra essa gente em troca de ajuda e no fim vira uma pessoa daquele meio, que sabe, vamos dizer, de todos os podres. O final é muito bonito, e acho que mesmo apesar de todos os clichês vale a pena ver.




Por Ester

9 comentários :

  1. Essa sua resenha ficou bem legal! Confesso que fiquei curiosa para assistir, mas tenho medo de me decepcionar, porque é nacional... aah, eu ODEIO filmes brasileiros, sério mesmo! Eu queria não ter esse ódio mortal, mas não tem como :(

    Abraços,
    http://leitorasanonimas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, flor. :)
    Adorei os comentários... o filme parece interessantem, apesar de brasileiro. Tenho uma cisma danada com filmes brasileiros, mas ok, supero. KKKKKK

    Ah, me diz uma coisa... esteve interessda na nossapromoção do livro Querido John? Se sim,ou seainda não tiver o livro, participa lá. \O/

    Beijos. :*
    Fran.

    ResponderExcluir
  3. Acho que já ouvi falar sobre esse filme...
    Curti a sua resenha e o trailer!

    Beijos,
    Renatinha Araújo.
    www.glamourfeminino.blogspot.com
    Twitter: @Blog_GF

    ResponderExcluir
  4. Nossa ate q me interessei!
    Parece ser interessante, vou anotar aqui na minha lista de filmes a serem vistos!

    ResponderExcluir
  5. A Andréa arrasando mais uma vez! Não assisti ao filme, nem sei se gostaria de ver, já que esses temas meio pesados me desanimam, mas esse aspecto de fazer refletir com certeza é essencial!

    Beijinhos
    Conjunto da Obra

    ResponderExcluir
  6. Angela,

    Sabe que vendo o Trailer fiquei bem curiosa em ver este filme...

    Bjs!

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia este filme,mas por ser brasileiro eu já aprovo de cara. Adoro filme nacional e sua resenha me atiçou ainda mais. Bju

    ResponderExcluir
  8. Tenho vontade de ver esse filme. Acho a Beltrão muito boa atriz e o Lee Thalor também, mesmo não sendo muito conhecido.

    Beijos!!!

    Boa semana!

    ResponderExcluir
  9. Hum...eu não lembrava desse filme. E é incrível a fixação do cinema brasileiro por presídios e vidas de bandidos...Esse pelo menos olha para as mães, né?

    ResponderExcluir