18 de março de 2013

#CircuitoNovoConceito

Você acredita em cara metade? E já achou a sua? Quantas vezes você já ouviu isso?
E aquele outro ditado que diz: "Ele é a tampa da minha panela" ou ainda "Nós somos carne e unha" e por ai vai... Já ouvi até "O chinelo do meu pé cansado"!
Mas será que existe mesmo esta tal metade da laranja? E como é que a gente acha? Como saber quem é realmente a outra metade?
É exatamente sobre isso que falam Levine e Heller, autores do livro Apegados. Nossos estilos de fixação individuais estão cravados em nossos cérebros. E são de três principais tipos: o estilo "seguro", o "ansioso" e, ainda, o estilo "evitante". Os autores explicam o que está por trás das nossas necessidades de relacionamento e, mais do que isso, ensinam aos leitores como identificar os seus próprios estilos e o estilo dos possíveis amados.
Repleto de dicas e -- o que é melhor -- com um questionário para você identificar seu estilo e o do seu parceiro (ou parceira), você ficará definitivamente apegado a este livro.  
Para se apaixonar, baixe o capítulo abaixo: Aqui

  ________* ________
Em busca de um final feliz é um livro sobre gente comum.
Personagens que nos deixam tristes, às vezes, por todas as situações complicadas pelas quais eles passam, mas que também nos fazem rir quando seus sonhos (alguns bem ingênuos), começam a se tornar reais.
Uma história encantadora! A vida como ela é, mas com cara de romance -- e cheia de sonhos.
E os sonhos, todo mundo sabe, são a matéria de que somos feitos Aqui
 ________* ________

O amor surge quando você menos espera!
Quantas e quantas vezes você procurou um amor? Viver um grande romance é o seu sonho? E você já percebeu que quanto mais você procura, menos acha uma pessoa bacana?!
Pois é, você pode se surpreender, pois o amor surge de onde você menos espera. Mas a grande questão é: Você diz que o ama logo de cara?
A mulher tem a reputação de dizer "eu te amo" logo no início de um relacionamento, mas na verdade são eles que dizem antes. Aliás, eles admitem pensar sobre confessar o amor em média seis semanas antes que suas parceiras, segundo um artigo publicado no periódico norte-americano Journal of Personality and Social Psychology.
Por mais estranho que pareça, a resposta para essa atitude dos homens faz todo sentido à luz da psicologia evolucionista. Os homens podem ser mais impulsivos na maneira de expressar o amor, mas para eles este tem significado muito diferente do que para as mulheres.
Veja só, os pesquisadores descobriram que uma confissão de amor por parte dos homens pode resultar em sexo o mais rápido possível, que é o objetivo evolutivo final do gênero, e por isso dizem "eu te amo" o mais rapidamente possível. E, ao contrário, as mulheres só dizem "eu te amo" depois do sexo, porque elas têm mais a perder com a gravidez. A confissão para elas é um sinal do compromisso de longo prazo, bem diferente dos homens, que não querem compromisso. No jargão, eles querem "comprar na baixa" e elas, "vender na alta".
Na pesquisa feita no MIT, os homens mais felizes em obter a confissão de amor da mulher eram aqueles interessados em aventuras de curta duração, e mulheres que procuram relacionamento de longo prazo eram mais felizes em ouvir o "eu te amo" depois do ato consumado.
Pois é, padrões primitivos persistem no comportamento humano. São as bases biológicas que podem nos ajudar a entender as motivações ocultas das pessoas. Isso inclui também o comportamento de consumo, pois o homem dará muitos presentes antes de ter a mulher, e ela vai esperar uma ocasião mais tardia, que demonstre compromisso de longo prazo. Aqui
  ________* ________
Você saberia lidar com a partida da pessoa amada?
Esta pergunta é o tema central do livro de Jai Pausch, Sonhe mais. Muito bom, diga-se de passagem.
Sabe quem é ela? A viúva de Randy Pausch, o sujeito que tinha câncer no fígado, fez um discurso e escreveu um livro: A lição final. Sonhe mais é a versão dela, da esposa, sobre uma vida de paixão, amor e família. Mais incrível que o primeiro!
É tão provocante, mexe tanto com a gente que eu não consegui desgrudar do livro. Logo que comecei a ler tive raiva de Randy Pausch(!), o marido, fechei o exemplar e comecei a refletir. Mas aquele livro ao meu lado parece que me chamava, então iniciei a leitura novamente, de onde parei.
Três capítulos depois e eu estava com dó -- pena mesmo -- do Randy Pausch, afinal ele estava morrendo! Pensei: "acho que ele está certo, só pensando no melhor para a esposa e filhos", e continuei a ler.
Conforme Jai Pausch, a autora de Sonhe mais, escrevia e descrevia suas experiências -- que senti todas -- comecei a pensar que ela é quem estava errada, achei a mulher fria em certos momentos.
Pois fiz uma pausa e pensei novamente! Que loucura!
Mas o livro continuava a me provocar e lá fui eu, novamente, ler. Finalmente, percebi que Jai estava vulnerável, ela ia perder o marido de quem tanto gostava, mas tinha que continuar a vida, tinha que cuidar do doente e dos filhos ao mesmo tempo ( nada como uma mulher para fazer isso), e pensar no que aconteceria depois que Randy falecesse!
Como ela foi forte, como sofreu e como amou!
Na verdade, eles viveram um grande amor! E eu vivi um turbilhão de sentimentos!
Veja, já li livros intrigantes, emocionantes, mas que me provocasse sentimentos de compaixão, raiva, compreensão, amor, dó... tudo ao mesmo tempo, este foi o primeiro. Aqui
  ________* ________
Alguém viu os valores que estavam aqui? Família, lar amizade....

Você também está procurando algumas coisas que se perderam pelo caminho? Nostalgia! Talvez. Pode ser, mas na verdade sinto falta de valores simples que foram ficando de lado no "fast dia" do workaholic e sua família instantânea. Tudo tão rápido, sem consistência, sem sabor e ainda por cima, mal passado! Até os índices econômicos são com base em fast-food "Índice McDonald´s". Para o mundo que eu quero descer!
Socorro! Cadê a minha avó!? A vó Antonieta que fazia a Páscoa ficar mágica e que reunia as amigas e noras para a novena, fazia o Natal ser um grande jantar para reunir toda a família e ganhar presentes simples e até feitos à mão, e que abria as portas da sua casa para receber a festa de Santo Reis, quando se desmontava a árvore de Natal e os violeiros de roupas coloridas, máscaras e pandeiros com fitas se apresentavam em troca de uma xícara de café. Onde foi parar tudo isso?
Onde está aquela vida simples, corrida também, com muito trabalho para colocar dinheiro em casa, filhos para criar e educar? Porém simples! E cheia de valores, coisas pequenas que faziam o dia, o mês, o ano e a vida valerem à pena. Cadê o almoço em família com todos à mesa e o jantar para contarmos como foi o dia? Tenho a leve impressão que curtíamos mais a chuva na janela, que agradecíamos mais, que sonhávamos mais.
Você tem sonhado? Tem feito piquenique com seus filhos? Ou sua vida tem sido drive-thru em que você passa, pega e vai embora.
Tem uma autora americana que me faz voltar ao passado com seus livros e lembrar de todas essas coisas boas de uma vida simples. É a Debbie Macomber!
E sabe o que mais? Acho que tem um monte de pessoas saudosas como eu, porque Debbie já vendeu 170 milhões de livros no mundo! Isso significa que não só eu que tenho saudades da vida como ela era.
Como estamos tão ocupados correndo pela vida é fácil perder os momentos de prazer. Uma boa leitura pode trazê-lo de volta! A Pousada Rose Harbor é a minha dica! Aqui

27 comentários :

  1. Adorei essa ideia da editora Novo Conceito! Bem criativa, né? Espero que o livro seja bom.
    Beijos,
    alanahomrich.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá, Ângela! Tudo bem?
    A Editora Novo Conceito - como sempre - inovando no marketing! :)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Oláaa, eu vi isso no site da NC, eu ameeeeeeeeeeei o livro, de boa :DDDDD
    Beijo.

    - VITAMINA DE PIMENTA -

    Sorteio novo no ar: http://vitaminadepimenta.blogspot.com.br/2013/03/sorteio-dvd-elfen-lied_15.html

    ResponderExcluir
  4. Oi Angela!
    Tô bem empolgada para ler esse livro. Achei a capa uma graça e a história parece ser bem gostosa de ler.
    Beijos
    http://coisasdemeninasarteiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Visitando e clicando, só a Novo Conceito para nos instigar com o primeiro capítulo de um livro tão desejado. Muito bacana né?
    Beijão
    Vivi

    ResponderExcluir
  6. Olá Angela,

    NC inovando novamente...muito bom....clicando aqui...abçs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Não faz muito meu tipo de livro, mas minha vó iria adorar, ela lê muito!
    beijos

    ResponderExcluir
  8. Vc já leu o Livro A Mulher V, moderna, a moda antiga... É muitooo boa.. Eu recomendooo.. Ensina muito o que é ser uma mulher de verdade.. =D
    De uma passadinha no meu blog e confira os post todos os dias.. Beijosss
    http://interativafemme.blogspot.com.br/2013/03/makeup-colorida-para-noite-by-steffany.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aunda não tive oportunidade de ler, para falar a verdade, nem conhecia...

      Excluir
  9. Eu quero muito esse livro ;)
    Não participei do circuito por falta de tempo, mas achei a idéia muito legal.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Gostei do livro!
    Beijinhos
    www.garotadeestilo.tk

    facebook.com/BlogGarotadeestilo

    ResponderExcluir
  11. Parece ser um ótimo livro, já está entre os meus desejados!

    Abraços,
    http://therevolucaonerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Eu nunca tive uma vida assim, mas acho que talvez eu gostasse do livro assim mesmo. Gostei muito do post,
    bjs

    http://livrices.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. parece ser muito bom~

    http://juhhrabelo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Acabei de visitar um blog falando do circuito.
    Gostei muito deste lançamento e da ideia principal que o trata ^^

    Beijos
    luizando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. eu quero participar!

    @esteffanifontes, do blog Aos Dezesseis Anos
    aosdezesseisanos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Que bom que gostou da playlist! obrigada =) sobre seu post, parece aquelas histórias que te fazem chorar do começo ao fim, fiquei afim de ler ambos os livros hasiashashasuasu' bju!

    ResponderExcluir
  17. To com muita vontade de ler esses livros! Ainda não achei para vender por aqui! =*

    Fã page: www.facebook.com/pages/Kaah-Menezes/146488652178125
    Blog: www.kaahmenezes.wordpress.com

    ResponderExcluir
  18. Esse é um dos lançamentos da NC que aguardo muito!

    A capa é linda!

    Bjokas
    Flavia - Livros e Chocolate

    ResponderExcluir
  19. Dos dois livros, me interessei mais por Sonhe Mais, mesmo aparentando ser uma estória mais triste e reflexiva. Dessas que você precisa de um momento certo para ler.

    Bjs, @dnisin
    http://www.seja-cult.com/

    ResponderExcluir
  20. Quero muito ler este livro e logo. Bjos!!

    ResponderExcluir
  21. Oi, querida.

    Esse livro parece ser lindo, quero muito lê-lo. E acho que vou chorar com ele. ;)

    Beijos,

    Isie Fernandes - de Dai para Isie

    ResponderExcluir
  22. Que pena que não dá tempo de eu divulgar esse circuito da novo conceito, talvez eu faça como vc, divulgo os 5 em um post só no fim de semana. Eu quero muito ler esses lançamentos, principalmente o da autora Debbie Macomber.

    Ps: cliquei nos seus links :)

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  23. Adoramos o seu blog! Estamos seguindo. Esperamos que goste do nosso espaço, também! E se gostar, ficaremos felizes se nos seguir. Te esperamos!

    Equipe Fábrica de Mulheres

    ResponderExcluir