5 de setembro de 2014

Resenha |•| O Doador de Memórias

Autora: Lois Lowry
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 192
Avaliação: ♥♥♥♥ (Muito Bom)

No livro O Doador de Memórias, conhecemos a historia de Jonas, um garoto de 11 anos que vive em uma comunidade utopia: aonde todos vivem bem, sem fome, guerra, pobreza e etc. Não existe o individualismo, mas tudo gira em torno do coletivo. As pessoas não comemoram aniversario e ninguém se destaca, todos são um só.

Todos os anos os jovens passam por cerimonias que vai de um ano de idade, quando as famílias recebem seus novos filhos, desde a cerimonia dos Doze (anos), aonde cada jovem é designado para uma determinada área de trabalho. Assim, Jonas é designado como Receptor, um cargo único em que ele deve guardar todas as memorias e sensações que foram tiradas das pessoas com o fim de manter a população em ordem. Por isso, Jonas passa a conviver com o antigo receptor, para que ele possa passar as memorias da humanidade a Jonas. Então o jovem passa a ter o conhecimento do amor, paz, prazer, guerra, medo, fome, etc. Mas Jonas imagina se valeu a pena a população deixar de ter todas essas sensações e poder escolher.

Primeira capa da Arqueiro
Nesse livro podemos acompanhar um universo utópico, criado para o bem está coletivo, mas com o decorrer da narrativa, Jonas vai descobrindo que esse mundo que ele vive não é tão perfeito assim. Inicialmente não dá para saber como essa população chegou nesse estado, mas a autora consegue envolver o leitor nas poucas paginas que esse primeiro livro tem, conseguimos entender bem como essa sociedade funciona. A autora só não explorou os personagens secundários, eles são bem rasos e o único que tem destaque é o antigo receptor (o doador) que consegue abri os olhos de Jonas.

O livro foi lançado em 1993, nos Estados Unidos, é o primeiro volume de uma saga de quatro livros. Nesse ano (2014) ganhou uma adaptação para o cinema. Enquanto lia o livro, me lembrei de uma antiga propagando da O Boticário, que consegue ilustra um pouco esse mundo que Jonas vive. Gostei bastante e quero muito ler a continuação, ótima dica para quem gosta de distopias. 


11 comentários :

  1. Angela não é um livro que costumo ler, mas a premissa muito tem me interessado
    chama minha atenção esse mundo utópico e até mesmo desconhecido!
    te espero no http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Very nice blog! :) http://maurycyy.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi, Angela!

    Não conhecia o livro e nem sei se me agradaria a leitura.

    Beijos
    http://fernandabizerra.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Estou lendo esse livro *-*
    Me chamou bastante atenção a premissa dele!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Estou muito curiosa para ler "O Doador de Memórias", tem uma premissa muitíssimo interessante, então... Mas ainda não consegui encaixá-lo nas leituras.

    Beijo

    ResponderExcluir
  6. Eu não conhecia o livro até sair a divulgação do filme, é até obrigatório nas escolas americanas. Mas é tão fininho kkkk
    Vou conferir.

    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Angela, esse livro é um dos mais comentados do momento, acho que por conta da adaptação cinematográfica que está para lançar.
    O livro possui uma temática muito interessante, ser Receptor de várias lembranças poder ter vantagens e desvantagens, fiquei com vontade de ler.
    Abraços,
    http://horadeflorescer.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Eu nunca tinha ouvido falar desse livro até o filme ser lançado, mas gostei, ainda mais com toda a divulgação que tão fazendo. Parece ser uma boa distopia e espero que bem desenvolvida, embora a quantidade de pgs seja pouca.

    Bjs, @dnisin
    www.seja-cult.com

    ResponderExcluir
  9. Oi angela!
    não sabia que o livro era uma série e também não sabia que tinha sido lançado em 1993!
    não estou muuuito empolgada para esse livro, acho que irei ver o filme, se me interessar lerei!

    Um beeijo Lara.
    Blog Meus Mundos no Mundo | | Página Coração Furta-Cor

    ResponderExcluir
  10. Olá, Angela!
    Estou louca para ler esse livro... e você me deixou ainda mais curiosa! Ótima resenha!
    Fiquei realmente surpresa ao saber que o livro é de 1993. O legal é que não importa quanto tempo passou, a história continua atual, não é?

    Abraços!

    http://www.bibliophiliarium.com/

    ResponderExcluir
  11. <3 To lendo e amando. Adorei o filme e o livro não está deixando a desejar! Realmente, Lois tem um jeito peculiar de escrever.

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir