19 de setembro de 2014

Resenha |•| Reconstruindo Amélia

Kimberly McCreight - 352 páginas - Arqueiro 

Reconstruindo Amélia, um livro escrito por Kimberly McCreight, definitivamente gerou sentimentos fortes em mim. Alguns bons e alguns ruins, mas vamos por partes. Sem querer dar spoiler nem nada (nós descobrimos isso lendo a parte de trás do livro) Amélia infelizmente está morta. O pior é que ela deixou pra trás sua mãe solteira Kate. Ao que tudo indica. Amélia, uma adolescente de 15 anos, aparentemente feliz e sem problemas na vida, estudante exemplar e aspirante a escritora com um futuro brilhante a frente, se jogou do topo do prédio onde cursava o ensino médio. Mas como isso aconteceu? Por que aconteceu? Como Amélia pode fazer algo assim com sua mãe?

Devastada e sem rumo, Kate recebe uma mensagem em seu celular "Amélia não pulou". Depois dessa mensagem, Kate está disposta a descobrir o que realmente aconteceu com sua filha. O livro muda constantemente de tempo, revezando entre o ponto de vista de Kate e o de Amélia. Pela perspectiva de Amélia nós podemos ver todos os eventos que levaram a sua trágica morte e pela perspectiva de Kate nós podemos acompanhar a investigação de uma mãe com o coração em pedaços. Bom, vamos a minha opinião sobre o livro. Antes de tudo, caros leitores, uma coisa que vocês devem saber sobre mim é que eu sou basicamente um bloco de gelo, emocionalmente falando. Desde muito nova eu tive problemas em me identificar com livros que mostram crises e dramas adolescentes, então se você é do tipo que gosta de uma leitura onde a personagem principal está passando por todos aqueles dilemas de personalidade, gostos e descobertas, esse é o livro pra você! Amélia está passando por muitos questionamentos e faz algumas más decisões que tragicamente levam a sua morte e isso foi o que mais me incomodou.

Por ser uma boa menina, meio confusa talvez, mas definitivamente com um bom coração, o leitor acaba se apegando a personagem mesmo sabendo desde o início que ela está morta, e essa foi a parte mais difícil pra mim. Está na cabeça da mãe dela também não é fácil porque ela ainda está de luto e a perda da filha a abalou profundamente. Pra ler esse livro, o leitor precisa ter o coração forte, a mente aberta e a certeza de que numa situação como essa o final pode não ser cheio de flores e risos, mas é definitivamente o melhor que se pode esperar dado à situação.

Eu indico a todos que gostam de um bom drama que te faz refletir sobre a fragilidade da vida e que nenhum de nós, por mais jovem que seja, não é imune a nada. Se você é do tipo que, ao contrário do bloco de gelo que vos fala, consegue se conectar com esse tipo de livro e personagens, então vai fundo. A escrita é tranquila e ainda tem um pouquinho de mistério, o que deixa a história mais impactante e forte em minha opinião. Venha reconstruir Amélia e se emocionar a cada descoberta.

13 comentários :

  1. Oi, Angela! Ando na média: não sou nem um bloco de gelo nem uma manteiga derretida. Gostei muito de "Reconstruindo Amelia", é um livro que mescla muito bem drama e romance policial. Maravilhoso <3

    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Oie! Esse livro tem uma capa linda! Estou louca para ler ele, espero que em breve!
    Bjs, se puder comentar nesse post, ajudaria muito
    http://resenhasteen.blogspot.com.br/2014/09/o-vale-dos-mortos.html
    Nay =D

    ResponderExcluir
  3. Por enquanto só vi elogios desse livro, até me deixa um pouco receoso, pra falar a verdade. Mas, pretendo ler ele em breve ^^
    Adoro um suspense dramático!

    David - Leitor Compulsivo

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem?

    Estou louco para ler esse livro, só não li por falta de dinheiro. Assim que o dinheiro sobrar, irei comprar. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Fiquei doida pra conferir assim que vi que o livro ia ser lançado. Ainda espero pode ler, só não sei ao certo quando.
    Beijos.
    http://detudoumpoucodany.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Desde o lançamento eu tenho tido vontade de ler esse livro. Parece ser excelente. Espero ter a oportunidade de ler em breve.
    Excelente resenha.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de setembro

    ResponderExcluir
  7. costumeiramente não leria um livro que eu leria, mas a carga dramática tem me atraido!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá, Angela!
    Amei a sua resenha e realmente estou interessada em lê-lo. Tenho um caso de suicídio em minha família e acho que um livro que trate do mesmo assunto me faz refletir e tentar entender um pouco... A resenha ficou excelente. Parabéns!

    Beijos,
    Nina & Suas Letras

    ResponderExcluir
  9. Esse livro é perfeito, muito bem escrito <3.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Nossa! Nunca imaginei que esse livro fosse tão bom! Gosto muito de um bom drama, então realmente fiquei curiosa!

    ResponderExcluir
  11. Adorei a resenha.
    Gosto muito de ler esses dramas, embora também seja uma pedrinha de gelo hahah nunca chorei com um livro D:

    Ah, te indiquei em uma Tag lá no meu blog, dá uma conferida lá e se gostar, responde. O link é esse

    Beijos
    Colecionando Primaveras
    Fan page

    ResponderExcluir