22 de dezembro de 2014

Filme |•| Jack, O Caçador de Gigantes (2013)

Oi, pessoal!
Eu acredito que já tenha comentado aqui o quanto eu amo releituras e contos de fadas. Virou uma febre no cinema americano essas adaptações de contos infantis, mas longe de mim querer queixar-se, afinal, eu adoro. O último que assisti se enquadra nessa categoria. Trata-se de Jack, O Caçador de Gigantes.

Título Original: Jack the Giant Slayer
Direção: Bryan Singer
Gênero: Aventura/Fantasia
Duração: 1h54min
Nacionalidade: EUA
Classificação Indicativa: Livre
Sinopse: Jack (Nicholas Hoult) é um fazendeiro que adquire grãos de feijão com a única recomendação de que não devem ser molhados. Obviamente, isto acaba ocorrendo e criando um enorme pé de feijão que vai dar em um mundo de gigantes. Em meio a tudo isso, a princesa Isabelle (Eleanor Tomlinson) é sequestrada pelos gigantes e Jack se unirá ao Rei (Ian McShane) numa cruzada para a salvar a jovem.

Jack, O Caçador de Gigantes é a adaptação do famoso conto infantil, que você provavelmte tenha lido ou escutado muitas vezes nos primário, João e o Pé de Feijão. Minha irmã estava assistindo ao filme e como estava no horário do almoço resolvi ver junto, assisti ele meio que às prestações, mas deu certo.
Nessa adaptação, temos Jack, um jovem super corajoso numa vida miserável. Jack cresceu ouvindo a lenda do Rei Eric, que dizia que monges, tentando construir um caminho para Deus, plantaram sementes de feijões que cresceram até os céus, porém lá chegando encontraram com gigantes. Assim, pelo pé de feijão os gigantes desceram até o reino de Eric, e lá destruíram tudo o que viam. Até que o Rei Eric fez uma coroa mágica que obrigavam os gigantes o servirem, e assim ordenou que voltassem ao seu lugar e destruiu o pé de feijão. Quando o Rei faleceu, sua coroa e os feijões restantes foram enterrados com ele. Assim como Jack, Isabelle, a princesa do reino, também ouvia muito essa lenda, e sempre sonhou com sua própria aventura.
Um dia, Jack e Isabelle se conhecem durante uma apresentação de teatro sobre gigantes. Jack, sendo o bom moço que é, defende Isabelle quando tentam roubá-la. Até que descobre que se trata da Princesa Isabelle. Isabelle volta para o castelo e Jack para sua casa. Embora com realidades diferentes, ambos têm o mesmo anseio: viver aventuras. Mas enquanto Isabelle é privada disso por ser a futura rainha, Jack é repreendido pelo seu Tio que vive falando para criar responsabilidades (assim como o Rei vive dizendo para Isabelle). 
Jack, vai até os arredores do castelo para vender seu cavalo a uma boa oferta, assim como o Tio ordenou, mas lá chegando um Monge tenta convencê-lo de vender o animal por três feijões mágicos, e Jack acaba sendo persuadido. 
Já Isabelle ganha um pretendente que resultará numa grande aliança pro reino, ela resolve fugir, pois confia no conselho de sua mãe de só se casa por amor. 
A fuga encontra uma tempestade como empecilho e Isabelle busca abrigo na casa de Jack. Lá eles conversam sobre o encontro dos dois na mesma manhã. Jack acaba por derrubar um dos feijões no assoalho de sua casa, e este acaba caindo em terra devido as buracos na madeira, e com a chuva a semente germina e o pé começa a crescer levando Isabelle junto.
Não demora muito para que o Rei encontre a casa de Jack e começa a questionar sobre Isabelle. Jack conta todo o acontecido e se oferece para ir em busca de Isabelle junto com os outros soldados do Rei. O pretendente de Isabelle também se oferece e se monstra muito interessado sobre o pé de feijão. 
Enquanto escalam, o Pretendente de Isabelle elimina alguns dos soldados do Rei, o que já nos mostra que ele será o grande Vilão da história e que sua missão maligna é tomar o reino dos gigantes, já que possui a famosa coroa do Rei Eric. Será que obterá sucesso? 
Também podemos ver um clima entre Isabelle e Jack, afinal eles são verdadeiras almas gêmeas, mas como poderão ficar junto se ela é uma Pricesa e deve se casar com alguém da realeza?
É uma adaptação gostosa de assistir. Apesar de ser bem previsível: a princesa e o plebeu, o lorde maligno... Eu acabei gostando bastante. Uma aventura ótima para se assistir com a família. Com certeza a carta na manga estava no final, onde vai mostrando como essa história, tão diferente do que ouvimos quando crianças, foi se modificando conforme ia passando pela boca do povo (Era uma vaca, um cavalo. Um feijão, três feijões). Gostei bastante dessa cena.
Essa é minha dica de hoje, pessoal! Espero que gostem! E boas festas! Quem quiser pode também me visitar no blog Eu, Ludmilla. Vou adorar vê-los por lá também :)

6 comentários :

  1. Eu já assisti alguns filmes com essa história e confesso achar todos os contos de fadas incríveis. Esse não fica ente os mês preferidos, mas gosto muito e tem ótimos efeitos especiais.

    Boa semana.
    http://mundo-restrito.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu adoro histórias que são adaptações de contos de fadas! Deve algo estilo sessão da tarde, mas pelo o que você escreveu eu vou gostar!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  3. que história incrivel!
    gostei bastante do enredo e das cenas por você mostradas pelas fotos, acho que vou aproveitar essa época mais tranquila e me aconchegar no sofá com uma pipoquinha
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Conheço o conto e tudo mais, mas nunca vi um filme adaptado na história. Deve ser interessante ver nas telas aquilo que a gente conhece dos livros. É uma boa dica a se considerar :)

    beijo
    beinghellz.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Angela, tudo bem?
    Eu adorei esse filme. Pra mim o q ficou a desejar foi o final, que eu achei um tanto aberto, mas o enredo no mais é legal. João e Maria é mais completo, na minha opinião.

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir
  6. É um clichê mas quem não ama clichês? HSAHSUH Eu amo esse filme, é muito bem adaptado do conto original e tem o Nick <33 Ele ta perfeito nesse filme, é uma ótima dica para toda família
    Beijoos,
    setimaondaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir